quinta-feira, 29 de agosto de 2013


Nordeste vive segundo apagão generalizado em menos de um ano.


A menos de dois meses do aniversário de um ano do grande apagão sofrido pelos nove estados do Nordeste, em 26 de outubro de 2012, a região voltou a ser alvo de um blecaute generalizado nesta quarta-feira (28). A falta de energia acomete oito estados nordestinos e já foi confirmada pela assessoria de comunicação da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) e Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). Ainda não se sabe o motivo do apagão. O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou que está investigando as causas.

http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/economia/2013/08/28/internas_economia,458956/nordeste-vive-segundo-apagao-generalizado-em-menos-de-um-ano.shtml

Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A Press

Por conta do desabastecimento, cujo início ocorreu por volta das 15h, o trânsito do Recife registra piora no engarrafamento nos principais corredores da cidade. De acordo com a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), dos 649 semáforos em operação na capital pernambucana, 349 estão sem funcionar.

O Metrô do Recife (Metrorec) está parado. O Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes-Gilberto Freyre, por sua vez, tem gerador e não registrou atrasos nas decolagens de voos.

Nas redes sociais, há relatos de que as cidades de João Pessoa (PB), Salvador (BA), Natal (RN), Fortaleza (CE), Maceió (AL) e Teresina (PI) estão sem luz. No Recife, porém, há relatos de que a energia está voltando em alguns bairros, como Casa Amarela, Parnamirim e Boa Viagem.

 Em outubro passado, o ONS informou que um curto-circuito na linha de transmissão Colinas-Imperatriz, entre o Tocantins e o Maranhão, teria causado a interrupção no fornecimento de energia, que foi restabelecido após quatro horas em que 11 estados ficaram às escuras, sendo dois deles do Norte do país.

Confira o histórico dos últimos apagões no Blog de Economia


Sobre o assunto:

País pode conviver com novos apagões

http://www.remabrasil.org/Members/suassuna/campanhas/pais-pode-conviver-com-novos-apagoes/view

Nordeste tem déficit de geração de energia

http://www.remabrasil.org/Members/suassuna/campanhas/nordeste-tem-deficit-de-geracao-de-energia/view

O apagão voltou! artigo de João Suassuna

http://www.remabrasil.org/Members/suassuna/artigos/o-apagao-voltou-artigo-de-joao-suassuna/view

Geração de energia elétrica do Nordeste: uma pilha fraca no final do túnel, artigo de João Suassuna

http://www.ecodebate.com.br/2011/03/11/geracao-de-energia-eletrica-do-nordeste-uma-pilha-fraca-no-final-do-tunel-artigo-de-joao-suassuna/

Risco de um novo racionamento de energia elétrica? artigo de Heitor Scalambrini Costa

http://www.remabrasil.org/Members/suassuna/artigos/risco-de-um-novo-racionamento-de-energia-eletrica-artigo-de-heitor-scalambrini-costa/view

Racionamento de energia pode vir logo

http://www.remabrasil.org/Members/suassuna/campanhas/racionamento-de-energia-pode-vir-logo

Obras que poderiam proteger o sistema elétrico brasileiro de apagões estão atrasadas.

http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-nacional/t/edicoes/v/obras-que-poderiam-proteger-o-sistema-eletrico-brasileiro-de-apagoes-estao-atrasadas/2480191/

Nível de reservatórios das hidrelétricas ainda é baixo

http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1243718

Energia regula destino político da presidente Dilma Rousseff

http://www.remabrasil.org/Members/suassuna/campanhas/energia-regula-destino-politico-da-presidente-dilma-rousseff/view

É baixo o nível de águas em reservatórios de hidrelétricas no Brasil

http://g1.globo.com/jornal-nacional/videos/t/edicoes/v/e-baixo-o-nivel-de-aguas-em-reservatorios-de-hidreletricas-no-brasil/2473643/

Situação volumétrica dos reservatórios das hidrelétricas da CHESF - 10/05/2013

http://www.remabrasil.org/Members/suassuna/campanhas/situacao-volumetrica-dos-reservatorios-das-hidreletricas-da-chesf-10-05-2013/view

Matriz de energia em pane

http://www.remabrasil.org/Members/suassuna/campanhas/matriz-de-energia-em-pane/view

 

COMENTÁRIOS

João Suassuna – Pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco, Recife

A questão da geração de energia faz parte do nosso discurso contrário ao projeto da transposição do rio São Francisco. Como se sabe, o Velho Chico é responsável por cerca de 95% da energia gerada no Nordeste. Porém, desde 2005 que a Chesf não consegue mais gerar a energia necessária ao nosso desenvolvimento. Em 2010, por exemplo, a Chesf gerou, em suas hidrelétricas, cerca de 6.000 MW médios, e a região necessitou de 8.000. Naquele ano foi necessária a importação de cerca de 2.000 MW médios, vindos de outras usinas localizadas fora do sistema Chesf. A razão disso é que o São Francisco é um rio de múltiplos usos, encontra-se limitado hidrologicamente e já não consegue atender a nossa geração elétrica em patamares satisfatórios. As autoridades apostaram todas as fichas na interligação do sistema gerador nacional. Erraram feio! Em março de 2013, excluindo a região Norte, todas as outras regiões do País, apresentavam os reservatórios de suas hidrelétricas com níveis de acumulação abaixo de 40%, insuficientes, portanto, para o atendimento das demandas normais da Nação. Esse cenário tem se apresentado frequente, obrigando as autoridades ao acionamento do parque de termelétricas – são mais de 60 unidades espalhadas pelo território brasileiro – o qual gera uma energia muito cara e, como se isso não bastasse, poluidora do meio ambiente, principalmente com óxidos de nitrogênio (NO e NO2), produtos estes extremamente nocivos à saúde das pessoas. A saída para o Nordeste está na ampliação da nossa matriz geradora, com outras fontes e formas de energia, a contar com a eólica, biomassa e, principalmente, com a energia solar. Com o apagão de ontem, o qual desligou o Nordeste inteiro, percebe-se que o governo Dilma está muito ruim! Governo este que afirmou à Nação brasileira que os apagões eram uma página virada na história do País. O que podemos dizer da atuação de seu Ministério de Minas e Energia em relação às causas desse desligamento?  A explicação de que foi motivado por uma simples queimada no Piauí, dá-nos a impressão de que o senhor Ministro não acredita na segurança do Sistema Elétrico Brasileiro, considerado um dos mais modernos do mundo! Pela frequência dos apagões na nossa região (o último ocorreu em outubro de 2012) tememos que a situação dos desligamentos se torne uma constante, principalmente nesse período do ano em que os reservatórios das hidrelétricas estão com baixos volumes acumulados. Vamos acordar gente! 

por João Suassuna — Última modificação 29/08/2013 09:04

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aventura Selvagem em Cabaceiras - Paraíba

Rodrigo Castro, fundador da Associação Caatinga, da Asa Branca e da Aliança da Caatinga

Bioma Caatinga

Vale do Catimbau - Pernambuco

Tom da Caatinga

A Caatinga Nordestina

Rio São Francisco - Momento Brasil

O mundo da Caatinga