quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Ministério da Integração libera R$ 790 milhões e retoma transposição no Sertão da Paraíba

Foram assinadas três novas ordens de serviço para obras do empreendimento. Com a ação, mais de mil postos de trabalhos serão criados.


Internet Transposição
O Ministério da Integração Nacional confirmou a liberação de mais de R$ 790 milhões nas obras de transposição do rio São Francisco, incluindo os lotes em território paraibano. Segundo informações do Ministério da Integração, as obras do Lote 14, em São José de Piranhas (no Alto Sertão da Paraíba) estão em andamento. No mesmo município, garante a conclusão do processo licitatório do Lote 7, que já está em curso.
Neste mês de agosto, o Ministério da Integração Nacional assinou três novas ordens de serviço para o Projeto de Integração do Rio São Francisco, autorizando a aplicação de mais de R$ 790 milhões no empreendimento. Do total, R$ 347,9 milhões serão destinados para a construção de canais, estações de bombeamento, reservatórios e pontes no Eixo Leste (Meta 1L e 2L). Os outros R$ 442,7 milhões serão investidos nas construções de novos reservatórios no Eixo Norte (Meta 2N).
A aplicação dos recursos criará mais de mil postos de trabalhos. As contrações vão intensificar as atividades nas obras que passam ao longo do município de Jati, no Ceará, e das cidades pernambucanas de Betânia, Custódia, Floresta, Petrolândia e Sertânia. Ao todo, já são dez ordens de serviços emitidas para o Projeto neste semestre.
Com mais de 1.800 equipamentos em operação, o número de trabalhadores empregados pelo Projeto ultrapassou os seis mil. A maior obra de infraestrutura hídrica do país também conta com atividades 24 horas por dia em quatro trechos: Jati (CE), Salgueiro (PE), Cabrobó (PE) e em São José de Piranhas (PB).
Andamento das obras
Dos 16 lotes de obras que compõem a construção do empreendimento, dois já estão concluídos: o Canal de Aproximação dos eixos Norte e Leste.
Outros 12 ainda estão em atividades: Lote 1, em Cabrobó (PE); 2,3 e 8, em Salgueiro (PE); Lote 4, em Verdejante (PE); Lote 5, em Jati (CE); Lotes 9 e 13, em Floresta (PE); Lote 10, em Custódia (PE); Lote 11 e 12 (em fase de conclusão), em Custódia (PE) e em Sertânia (PE); e Lote 14, em São José de Piranhas (PB).
Os serviços do Lote 6, em Mauriti (CE); e do Lote 7, em São José de Piranhas (PB), serão retomados com a conclusão do processo licitatório da Meta 3N, que já está em curso. A complementação do Lote 12 - saldos remanescentes de obras do contrato em andamento - será realizada pelas empresas ganhadoras do processo licitatório da Meta 3L, em fase de conclusão.
O Projeto
O Projeto de Integração do Rio São Francisco faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal. Com conclusão prevista até 2015, o empreendimento vai garantir a segurança hídrica de mais de 390 municípios, localizados nos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.
Sobre o assunto:


Discussão do Projeto da Transposição do São Francisco no programa Opinião Pernambuco - 22/07/2013
http://www.remabrasil.org/Members/suassuna/projetos/discussao-do-projeto-da-transposicao-do-sao-francisco-no-programa-opiniao-pernambuco-22-07-2013/view


 
por João SuassunaÚltima modificação 21/08/2013 15:48

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aventura Selvagem em Cabaceiras - Paraíba

Rodrigo Castro, fundador da Associação Caatinga, da Asa Branca e da Aliança da Caatinga

Bioma Caatinga

Vale do Catimbau - Pernambuco

Tom da Caatinga

A Caatinga Nordestina

Rio São Francisco - Momento Brasil

O mundo da Caatinga