terça-feira, 9 de abril de 2013



VIAGEM RECENTE PELO NORDESTE E A SECA. UM COMENTÁRIO.


Estive recentemente no interior de Sergipe, da Paraíba e de Pernambuco. Da mesma forma que ocorre no Norte de Minas – falo aqui de todo o semi-árido brasileiro, área de um milhão de quilômetros quadrados, a seca está acontecendo e seus efeitos socioambientais são crueis. tudo previsto, acontece a milhares e milhões de anos. Há anotações portuguesas sobre estes fenômenos desde o séc. XVI. A transposição das águas do rio São Francisco em nada irão reverter esta situação. Este projeto partiu de interesses político-econômico-eleitorais da indústria da seca em aliança com o PT e sua lógica nada tem a ver com a solução dos problemas gerados pela seca.

A forma de conviver produtivamente com a seca e tirar o sertanejo desta sina e má sorte tem outras premissas científicas e outros caminhos práticos. Não há mais dúvida sobre isto. Lula e Ciro Gomes selaram este acordo nefasto ao País e que ficará eternamente como um monumento à forma de fazer política no Brasil e o desperdício do dinheiro público. O povo do Nordeste foi enganado e vai continuar esperando em Deus. A inteligência não está sendo usada e a esperteza de sempre ainda manda no Nordeste. O PT era contra e mudou no segundo turno da eleição presidencial para derrotar o Serra, aliando-se a Ciro Gomes. A conta veio para nós. A seca no semi-árido do Norte de Minas tem riso perenes passando por lá, o São Francisco e o Jequitinhonha. Não vai ser o canal da transposição passando lá que vai mudar a situação. Estive na Foz do São Francisco e na Hidrelétrica de Xingo, muita água, e poucos quilômetros dos rios o gado morrendo e os pobres fazendeiros abandonando as terras. As obras da transposição foram superdimensionadas dizem os próprios defensores do projeto absurdo. Propuseram um projeto para agradar às empreiteiras e coronéis tradicionais dizendo ao povo que seria a solução para a seca, que é o clima da região. Não fizeram antes o diagnóstico e da solução melhor, como insistimos um grupo grande, a SBPC, Ab-Saber e muitos outros. A Marina Silva era contra a transposição mas quando ministra apoiou e nunca se explicou. estão construindo e reconstruindo! pois erraram, 750 Km de canais de concreto – cimento, brita, areia e aço, com 25 metros de largura e 5 metros de profundidade, aprox. 40 Km de túneis na rocha, aquedutos, com elevatórias e bombas elétricas para fazer a água subir 300 metros num dos eixos e 160 metros noutro. Os custos já foram multiplicados por 4 e não vai parar aí. E não vai servir para nada a não ser beneficiar algums multinacionais e exportadores de frutas abundantes consumidoras de água e quem vai pagar a conta? parece que será o consumidor urbano e o Tesouro feral e estadual. Para que isso gente?

oxima


São Gonçalo25/03/2013

Um comentário:

  1. POR FAVOR, ONDE TEM CRIAÇÃO DE AVESTRUZ OU EMA EM PERNAMBUCO? AGUARDO CONTATO.
    almirccsilva@hotmail.com

    ResponderExcluir

Aventura Selvagem em Cabaceiras - Paraíba

Rodrigo Castro, fundador da Associação Caatinga, da Asa Branca e da Aliança da Caatinga

Bioma Caatinga

Vale do Catimbau - Pernambuco

Tom da Caatinga

A Caatinga Nordestina

Rio São Francisco - Momento Brasil

O mundo da Caatinga