segunda-feira, 3 de junho de 2013

Sete açudes da PB serão revitalizados para águas da Transposição do rio São Francisco.

Mananciais vão ser preparados pelo Ministério da Integração para receber água do rio São Francisco.


http://portalcorreio.uol.com.br/noticias/cidades/agua-e-esgoto/2013/06/01/NWS,224725,4,69,NOTICIAS,2190-SETE-ACUDES-SERAO-REVITALIZADOS-AGUAS-TRANSPOSICAO-RIO-FRANCISCO.aspx
Divulgação Açude de Boqueirão
Sete açudes da Paraíba serão revitalizados pelo Ministério da Integração Nacional, através de recursos do Projeto da Transposição do Rio São Francisco (PISF). Ao todo, o Ministério vai revitalizar 21 mananciais distribuídos nos quatro Estados por onde correrão as águas do “Velho Chico” e investirá R$ 23,5 milhões nas obras.
A Paraíba é o Estado que terá o maior número de reservatórios contemplados com as melhorias na infraestrtura hídrica. O edital para licitação e viabilização de estudos e projetos executivos foi publicado esta semana no Diário Oficial da União (DOU).
Ao todo, serão recuperados cinco açudes no Eixo Leste e 16 no Eixo Norte do Projeto São Francisco. Na Paraíba, serão revitalizados os açudes de Acauã, Boqueirão, Coremas, Lagoa do Arroz, Mãe D´água, Poções e São Gonçalo. Já no Rio Grande do Norte, serão recuperados os mananciais de Açú, Arapuá, Pau dos Ferros e Santa Cruz. O Ceará contará com revitalização de seis açudes: Banabuiú, Castanhão, Lima Campos, Orós, Prazeres e Quixabinha. Em Pernambuco, serão quatro reservatórios contemplados: Barra do Juá, Chapéu, Poço da Cruz e Entremontes.
Na última semana, o orgão firmou o contrato para retomada das obras dos lotes 9 e 13 do eixo leste, da Transposição do Rio São Francisc. Orçado em R$ 467,4 milhões, as empresas vencedoras da licitação, S.A Paulista e Somague, realizarão as obras complementares como construções de canais e de estações de bombeamento. As obras terão inicio no próximo mês. A etapa vai viabilizar 100 quilômetros de água no Eixo Leste até o final de 2014.
Os lotes 9 e 13, que fazem parte das metas 1L e 2L, começam com a captação do rio São Francisco, em Floresta (PE), e seguem até o Reservatório Barro Branco, em Custódia (PE). Segundo o Ministério da Integração, atualmente, a Meta 1L conta com 74,7% de execução e a Meta 2L tem 53,8% de obras executadas.
Do reservatório de Barro Branco, terá inicio o a Meta 3L, que será concluída no reservatório Poções, em Monteiro, no Cariri paraibano, que teve o edital para retomada dos serviços, lançados na semana passada. Conforme o Ministério, a previsão é de que mais 1.500 trabalhadores sejam contratados para reforçar as atividades do Eixo Leste.
“Este é um passo importante para a plena remobilização da obra do rio São Francisco. Esta etapa vai viabilizar 100 km de água no Eixo Leste no final de 2014. Acreditamos que, nos próximos 30 a 60 dias, já estaremos com as frentes de serviços mobilizadas e as obras retomadas ao longo dos 200 km de extensão do Eixo Leste”, afirmou o ministro Fernando Bezerra Coelho.
As águas da Transposição do Rio São Francisco poderão chegar à Paraíba ainda no final do segundo semestre do próximo ano, conforme o ministro. A previsão é de que toda obra seja concluída em 2015. Segundo Fernando Bezerra, o Ministério reconhece que existem obras paradas e que as interrupções atrasaram a transposição, mas garantiu que os esforços estão concentrados no sentido de evitar atrasos e cumprir com os prazos estabelecidos.
 

 
por João SuassunaÚltima modificação 03/06/2013 09:28

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aventura Selvagem em Cabaceiras - Paraíba

Rodrigo Castro, fundador da Associação Caatinga, da Asa Branca e da Aliança da Caatinga

Bioma Caatinga

Vale do Catimbau - Pernambuco

Tom da Caatinga

A Caatinga Nordestina

Rio São Francisco - Momento Brasil

O mundo da Caatinga