quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014


Transposição tem 51% de execução e obra completa deve ser entregue até o final de 2015

De acordo com o departamento técnico responsável pela transposição, no MI, em Brasília, o valor inicial do projeto, que era de 4,7 bilhões em 2007, saltou para R$ 8,2 bilhões.


Nalva Figueiredo (Jornal Correio da Paraíba)
    

Obras do São Francisco

Um ano após se encerrar o prazo inicial de conclusão das obras da transposição das águas do Rio São Francisco, o projeto está com apenas 51% de execução. As obras começaram em 2007 e de acordo com o primeiro cronograma do Ministério da Integração (MI), deveriam terem sido concluídas em 2012. O MI assegura que a transposição será totalmente concluída até o final de 2015, no entanto, apesar de todas as frentes de serviços estarem remobilizadas, existem trechos que tem apenas 24,1% de serviços realizados.

Na Paraíba, a Meta 3L, que envolve o lote 12, em Monteiro, no Cariri, tem apenas 26,2% de obras prontas. E no Sertão, a Meta 3N, que cobre os lotes 7 e 14 em São José de Piranhas, tem somente 46,4% de execução.

De acordo com o departamento técnico responsável pela transposição, no MI, em Brasília, o valor inicial do projeto, que era de 4,7 bilhões em 2007, saltou para R$ 8,2 bilhões e que após a remobilização de todos os 16 lotes que compõem o projeto, a ordem do governo é acelerar para cumprir a meta de concluir em dezembro de 2015. O órgão também afirma que ainda este ano, serão entregues 200 quilômetros das obras, sendo 100 do eixo Norte e outros 100 do eixo leste.

Leia a matéria completa na edição deste sábado do seu Jornal Correio da Paraíba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aventura Selvagem em Cabaceiras - Paraíba

Rodrigo Castro, fundador da Associação Caatinga, da Asa Branca e da Aliança da Caatinga

Bioma Caatinga

Vale do Catimbau - Pernambuco

Tom da Caatinga

A Caatinga Nordestina

Rio São Francisco - Momento Brasil

O mundo da Caatinga